acesso ao site dos CTT
e-mail principal: timor@netcabo.pt
e-mail alternativo: joao.graca@netcabo.pt
se estiver online, pode falar directamente com o gestor do site; caso contrário, deixe mensagem.
Nesta página de "feedback", encontra-se a correspondência que possa conter algo de interesse, no contexto de timor.no.sapo.pt; a correspondência recebida pode estar ou não aqui identificada, de acordo com critérios de privacidade.
Para troca directa de notas, comentários, sugestões, polémicas, etc., utilize o nosso "fórum".





[202]
Sent: Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2002 5:53
Subject: Re: Disposição para colaboração e trabalho

Caro Sr. Wagner Cipriano,
 
Muito obrigado pela visita e pelas simpáticas palavras de incentivo.
 
Como poderá ter constatado pela consulta de materiais no site, eu próprio não tenho quaisquer poderes ou responsabilidades executivas, limitando-me a gerir aquele espaço o melhor que posso e sei. Caso me fosse possível, já teria pessoalmente enviado para Timor muitas das pessoas que me contactam nesse sentido; seria, com certeza, o seu caso.
 
Não me é, por conseguinte, possível fazer mais do que publicar a sua mensagem em "Correio/feedback" e recomendar-lhe que utilize todos os "Contactos", nomeadamente o do Governo Timorense e os das ONGs. Existem soldados brasileiros na PKF, além de (pouco) pessoal civil. Portanto, o Governo Brasileiro terá por certo um organismo afecto à questão timorense. 
 
Para qualquer esclarecimento, ao dispor.
 
Cumprimentos.
 


----- Original Message -----
Sent: Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2002 5:11
Subject: Disposição para colaboração e trabalho

Estimado Sr. João Graça
 
Hoje, tive a felicidade de conhecer seu WebSite e fiquei surpreso - tanto pela beleza gráfica, técnica, eficiência e eficácia do mesmo, quanto pelo conteúdo.
 
Visto que busco novos horizontes e propostas de encaminhamento de vida, gostaria de colocar a disposição daqueles que necessitam e desejam troca de experiências, meus préstimos e conquistas adquiridas ao longo de meus quarenta anos de vida, tempo durante o qual muito aprendi, e pouco transmiti.
 
Sou professor técnico em uma conceituado instituição em São Paulo - Brasil - e desejo solidarizar-me com o novo povo timorense, contribuindo de alguma forma na reconstrução daquele pais.
 
Caso seja de seu interesse ajudar-me nesta transferência para aquele jovem estado, sinta-se à vontade para contatar-me.
 
Saudações brasileiras,
 
Wagner Cipriano
 
São Paulo - Brasil
 
21/jan./2002
 



[201]
 
To: "umberto" <umberto@cpovo.net
Sent: Segunda-feira, 21 de Janeiro de 2002 1:37
Subject: Re: When you were offline...(via HumanClick)

Caro Umberto,
A pergunta não é muito clara. Suponho e espero que todas as informações a respeito de Timor, de qualquer tipo, existam neste site ou, na pior das hipóteses, num dos seus muitos "links".
A sua correspondência está publicada desde Agosto 2001, não tendo havido, até agora, qualquer resposta.
Cumprimentos.


----- Original Message -----
From: "umberto" <
umberto@cpovo.net
To: "JP" <
timor@netcabo.pt
Sent: Domingo, 20 de Janeiro de 2002 23:58
Subject: When you were offline...(via HumanClick)

Gostaria de saber informações a respeito da situação econômica e social do TIMOR.
Esse sitio é português, portanto, não deve estar centrado no TIMOR..De onde ele é trabalhado?
Como posso ter notícias do TIMOR DIRETAMENTE?
Um abraço,
Umberto Mendes



[200]
Sent: Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2002 7:58
Subject: Re: Atlas da Lusofonia

Caro Francisco,
 
Obrigado pela sua mensagem.
 
Quanto à sua proposta, que igualmente agradeço, acho que necessitaria de alguma pormenorização e seria talvez interessante conhecermo-nos pessoalmente antes disso. Se quiser, ligue-me para o nº *********.
 
Cumprimentos.
 
 
----- Original Message -----
From: "Francisco Garcia" <fmgppg@hotmail.com>
Sent: Sábado, 19 de Janeiro de 2002 22:08
Subject: Atlas da Lusofonia

Caro João
Fico satisfeito por ter contribuido para a sua página; agora lanço-lhe um desafio.
Se está em Portugal, sexta-feira, dia 25 às 18h30 na Fundação Mário Soares (frente ao Parlamento), sái o primeiro volume do Atlas da Lusofonia, Guiné-Bissau e é apresentado o volume de Angola e todo o projecto, onde eu coordeno textos e mapas, sob a Direcção de dois bons generais e do Prof. Adriano Moreira. Apareça, venha falar comigo, pois se lhe agradar a ideia conto com a sua colaboração para uns textos sobre Timor. Este volume sai em colaboração com o Instituto Camões. Depois falamos,mas aqui vai a introdução do Atlas, que pode ser que o entusiasme.

"O presente Atlas resulta de vários anos de estudo, da reunião e utilização de mapas de origens diversas, numa preocupação de se entender não só a geografia dos territórios da Guiné, Angola, Moçambique, Cabo Verde, S. Tomé e Príncipe, Macau, Timor e também o Brasil, como assim das realidades étnicas, linguísticas, culturais, económicas, sociais e outras, das populações daqueles territórios. Num caso esta necessidade resultou da procura das respostas mais adequadas a uma realidade de confrontos sociais, em ambiente subversivo em África nas décadas de 60 e 70, numa óptica de conhecimento do terreno e da população; noutro, o interesse decorreu de uma motivação para um mais correcto conhecimento do maior país da lusofonia - o Brasil. No caso do Brasil recorreu-se a uma parceria de Instituições e personalidades que pudessem trazer a modernidade do actual pensamento estratégico brasileiro, num quadro de reflexão lusófono, que contemplasse também o grau de desenvolvimento e de afirmação da sua comunidade nacional. O quadro de concepção do Atlas reflecte ainda um conceito de organização do espaço da lusofonia, materializado por uma matriz organizativa que tem por pilares fundamentais a CPLP e a Diáspora Lusófona euro-afro-brasileira.
Esta intenção levou ainda a que fosse organizado também um bloco do Atlas, com a localização e importância das diversas comunidades provenientes de Portugal e de outros países do espaço lusófono, destacando-se os seus interesses principais e salientando-se os seus destinos preferenciais e as actividades que ali desenvolvem. O presente Atlas deve ser olhado assim como um instrumento que se desejou com carácter operativo útil, de investigação e de sustentação de conhecimentos, para quem, naqueles países, possa ser chamado a acções quer de cooperação, quer humanitárias, de participação no processo de decisão ou que sinta a necessidade de conhecer melhor o meio sobre o qual terá de tomar ou aconselhar opções.
A escolha quanto ao método de concretização do Atlas decorreu de se entender que, numa conjuntura internacional actual, constituída por espaços políticos, económicos e de segurança, cada vez mais alargados, em que os interesses nacionais ultrapassam as fronteiras nacionais, o espaço da lusofonia pode conter em si elementos de diferenciação e, por isso, constituir factor de poder e de intervenção na comunidade internacional. Importa reconhecer que, uma diversidade de objectivos e interesses diferenciados, só encontrará sinergia numa actuação conjunta, designadamente no âmbito da comunidade internacional, se for capaz de evidenciar uma identidade que se traduza na possibilidade de assumir posições comuns e isso só será possível se as realidades sócio-económicas e políticas de cada um forem conhecidas.
A sua organização inicial em fascículos, um por cada país e um último relativo à Diáspora Lusíada, corresponde, simultaneamente, a um desejo da sua rápida conclusão e de tornar imediatamente disponível a informação sobre cada um dos países, à medida que se considere a sua compilação concluída. Tal procedimento tem, nesta fase, o mérito de não limitar a dimensão da informação passível de ser disponibilizada, sem a preocupação final do conjunto que materializa o Atlas, embora se aceite desde já a possível necessidade de terem de ser ponderadas eventuais dificuldades de manuseamento, face ao seu volume e dimensão uma vez concluído e todas as partes reunidas. É nosso sentimento contudo, que esta dificuldade pode ser também ultrapassada uma vez que se pretende editar todo o projecto em "CD-Rom" e na Internet, abrindo novas possibilidades quer à consulta, quer à própria actualização e utilização da base cartográfica tornada disponível.
O objectivo dos autores e de todos os que trabalharam na concretização deste projecto, foi tornar disponível um conjunto de experiências, de conhecimentos e também de reflexões resultantes de actividades levadas a cabo nos diversos territórios, durante períodos dilatados de tempo, que possam hoje constituir elemento útil de apoio, quer à decisão, quer à acção e não menos importante, contribua para evitar ou, no mínimo, diminuir o erro e em especial os seus efeitos."
Um abraço
Francisco Miguel Proença Garcia



[199]
Sent: Sábado, 19 de Janeiro de 2002 21:51
Subject: RE: Homepages do SAPO.htm

Caro João Pedro Graça
 
Muito Obrigado pelo seu email.
 
O primeiro lugar do seu site  relativo a Timor é mais do que merecido!
 
Como sabe o General Taur Mata Ruak está ca em Portugal. A Cármen Melo da APLS está a organizar um jantar de confraternização com todos os que por aqui andamos a dar uma mãozinha a Timor e com a presença do G. MataRuak, pelo que sei não é fácil organizar tal jantar. Mas assim que tiver detalhes concretos entrarei em contacto consigo.
 
Receba um grande Abraço
Manuel Alonso



[198]
From: "Nuno Oliveira" <info@descobre.net
Sent: Sábado, 19 de Janeiro de 2002 9:49
Subject: Parabéns

Viva,
Sim, o destaque nas homepages Sapo ajuda sempre bastante. Porém já viu que já não está em 1º lugar? Em 1º está um site apenas com 1 link para fazer download de um filme, e em 2º está um site para gays... é a desgraça total :)
Atentamente,
Nuno Oliveira



[197]
From: "marisa Macedo" <eumesma_marisa@hotmail.com
Sent: Sábado, 19 de Janeiro de 2002 4:35
Subject: Homepages do SAPO.htm

*PARABÉNS*  é pouco..
mas não poderia deixar de tos enviar!!! Sinto-me orgulhosa por ler a mesma página que tantas pessoas.. obrigada por nos dares a conhecer a tua cultura e a tua maneira de ver Timor! *
marisa

Pos. Domínio Acessos
1 º timor.no.sapo.pt 1517

2 º swimtent.no.sapo.pt 860
3 º logosgratis.no.sapo.pt 651
4 º rodrigo.home.sapo.pt 463
5 º espiritualidades.no.sapo.pt 456
6 º sapix.no.sapo.pt 451
7 º sapixmovel.no.sapo.pt 398
8 º rir.no.sapo.pt 298
9 º pcgamex.no.sapo.pt 291
10 º bigclimax.no.sapo.pt 284
11 º sx.no.sapo.pt 265
12 º dlemming.no.sapo.pt 265
13 º vpmirror01.no.sapo.pt 247
14 º mangalho.do.sapo.pt 225
15 º hoobastank.no.sapo.pt 224
16 º swplace.home.sapo.pt 210
17 º smsfun.no.sapo.pt 207
18 º smsgratis.no.sapo.pt 204
19 º logosfornokia.com.sapo.pt 195
20 º thesimscollection.no.sapo.pt 187


[196]
From: "Suporte Homepages" <info.homepages@co.sapo.pt>
Sent: Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2002 12:14
Subject: Re: 1º lugar?


Caro João Pedro,

As estatísticas do top baseiam-se em HTTP GET / i.e. acessos a:
http://timor.no.sapo.pt/
Não são baseadas em unique visitors, mas em número efectivo de chamadas no formato acima especificado.

Atentamente
Eduardo Pinto


On Fri, 2002-01-18 at 05:35,
joao.graca@netcabo.pt wrote:
Cara Maria João,
Dado o adiantado da hora, e duvidando das minhas capacidades mentais, fartei-me de esfregar os olhos.  Um site meu em 1º lugar no top? Deve ser engano.
Existe uma  <iframe> no ficheiro topframe.html, com actualização automática a cada 60 segundos, sendo que a própria frame contém 2 relógios, um contador e espaço para mensagens instantâneas via FTP, que necessitam de "refresh" a cada 5 minutos. Será por isso? Querem ver que o contador do Sapo contabiliza cada "autoReload" como um acesso? Bom, se for o caso, e agradecia que me informassem, lamento que assim seja. Nunca tal coisa me passou pela cabeça.
timor.no.sapo.pt não pode estar em 1º lugar no top, e logo com 1517 acessos; tenho outro contador instalado, e este registou 43 visitas (reais, não apenas "hits", com critérios relativamente rígidos) durante o dia de ontem. A média diária deste contador é 16 e a do Sapo é (era...) 39. Alguma coisa aqui não bate certo.
Enfim, não é importante, mas não gostaria de ver incluído um dos meus sites na colecção de "chico-espertismos" que por aí se vêem, com truques e malabarismos para aparecer nos "tops". Se isso aconteceu, foi absolutamente involuntário; os vossos serviços, agora avisados, deveriam reprogramar as estatísticas em função disto. A ser o caso, repito. Não lhe parece?
Cumprimentos, e obrigado pelo destaque.
E, já agora, parabéns pelo excelente trabalho que vêm realizando.
       timor.no.sapo.pt        João Pedro Graça 
--
Suporte Homepages Gratuitas
PTM.com/Saber e Lazer, SA.
info.homepages@co.sapo.pt
http://homepages.sapo.pt/
http://www.sapo.pt/



[195]
----- Original Message -----
Sent: Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2002 3:23
Subject: endereço de Ramos Horta

Parece-me ter tentado localizar este endereço de e-mail no nosso site. Não está lá, de facto, mas aqui vai.
 
 
Cumprimentos.



[194]
Sent: Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2002 3:52
Subject: fotos de Timor

Caro visitante,
 
Obrigado pelas fotos que nos enviou. Já estão publicadas nas respectivas páginas.
 
Cumprimentos.


Em resposta a:
Date: Wed, 16 Jan 2002 22:13:53 -0000
From: Nuno Lourenço
Reply-To: Nuno Lourenço
Subject: envio de material
To: proftimor1@sapo.pt

a dcp00001.jpg É a verdadeira foto do ramelau
dcp00018 o belo migoré
dcp00033 uns dos sinais caracteristico de Timor- o galo-



[193]
To: "Nuno Oliveira" <info@descobre.net
Sent: Terça-feira, 15 de Janeiro de 2002 20:13
Subject: Re: Motor de busca

Visitei o vosso site, que achei interessante. No entanto, as regras do "host" Sapo não permitem qualquer tipo de publicidade, banners, affiliates, ou outra coisa do género. Aliás, http://timor.no.sapo.pt tem um carácter absolutamente não-comercial e/ou lucrativo. E a caixa de pesquisa existente, até agora, tem funcionado perfeitamente.
Fica o contacto, que agradeço.
JP Graça


-----Original Message -----
From: "Nuno Oliveira" <
info@descobre.net
To: <
joao.graca@netcabo.pt
Sent: Terça-feira, 15 de Janeiro de 2002 14:31
Subject: Motor de busca
Cumprimentos,
Sou o responsável pelo motor de busca Descobre.net (
http://www.descobre.net ) e gostaria de saber se estará interessado em transformar o seu site num motor de busca também.
A página de resultados não apresenta qualquer referência ao nosso site, nem os resultados encontrados para as buscas são iguais aos nossos. Demora menos de 5 minutos. Basta fazer Copy Paste. Para mais info visite
http://www.descobre.net/outbusca.htm

Mesmo que não esteja interessado, dê-nos o seu feedback.
Gostaríamos de saber como melhorar este serviço ( nota: não dá para personalizar totalmente o site, pois então aí já não seria tão fácil como apenas copiar o código. Teria de se criar uma página de resultados para cada site, o que é inviável ).
Atentamente
Nuno Oliveira Descobre.net - O seu motor de busca Url:
http://www.descobre.net
Email: info@descobre.net



[192]
To: VISITANTE IDENTIFICADA
Sent: Terça-feira, 15 de Janeiro de 2002 19:44
Subject: Re: Preguntas desde España!

Olá *****.
 
Não sei se já utilizaste o botão "viagens", no menu de topo, ou a opção "viagens aéreas" no menu ordenado geral. Tentei no serviço da "Expedia", apenas para localizar voos entre Darwin, N.T., Australia (DRW-Darwin Intl.) e Dili, Timor, Indonesia (DIL-Comoro) ; atenção, Dili, Timor, como vês, ainda aparece como fazendo parte da Indonésia. Enfim, tentei em diversas datas e não obtive resultados; mas é uma questão de paciência e de tempo, experimentando diversos dias, e alternando entre "moorning" e  "noon".
 
Depois de te dar um resultado (a companhia que indicas é a única a fazer este voo), podes pedir Madrid-Darwin, ou Lisbon, Portugal-Darwin; evidentemente, numa data anterior a Darwin-Díli. Podes até marcar e pagar por cartão de crédito, através de qualquer um dos serviços com link neste site. Recomendava que marcasses, por ordem, British Airways, Qantas e Airnorth. Just one way, not roundtrip, please!
 
Calculo que seja mais fácil tratares de tudo com uma agência de viagens em Portugal. Estupidamente, os meus bilhetes não referem isso, porque foi tudo tratado oficialmente. Indico-te de seguida o número de telefone de uma agência lisboeta, uma das maiores do país; se eles não tiverem esse plano de voo (programa completo Lisboa-Díli), hão-de saber quem tenha; liga para 351-216230200 (Agência Abreu).
 
E boa-sorte!
 
JP
 
----- Original Message -----
From: VISITANTE IDENTIFICADA
Sent: Terça-feira, 15 de Janeiro de 2002 15:56
Subject: Preguntas desde España!

HOLA JUAN PEDRO! (A la española, si me lo permites!)
¿Cómo estás? Espero que poco a poco te recuperes de tu lesión y puedas volver pronto a Timor.
Por mi parte, estoy ya con los preparativos del viaje y por esta razón te escribo, para preguntarte de nuevo algunas cosas. ¡Espero que no te importe! Me dijiste que la mejor forma de llegar en avión era Singapur-Darwin-Dili. El problema en España es que aquí nadie conoce Timor (Ya sé que es muy triste)y en las agencias de viajes, me dicen que ni les aparece en el ordenador!!!!
Llegar hasta Darwin en principio no es ningún problema, pero después...¿Se compra el billete en Darwin o hay alguna manera de reservar todo el viaje desde Europa? Por lo que he visto en Internet, hay una agencia (Airnorth - Northern Australia´s Regional Airline) que hace el trayecto Darwin-Dili. ¿Es la única? ¿Qué recomiendas? En fin, si puedes darme alguna pista sobre como comprar en Europa el trayecto Darwin-Dili, si es que es posible.
También si hay alguna otra opción, tipo Denpassar-Dili.
Nada más por ahora, espero tu respuesta! Muchas gracias por tu ayuda, por anticipado. Saludos,
******.


[191]
Date: Thu, 10 Jan 2002 15:40:41 +0000 (GMT)
From: rlramos@iec.uminho.pt
Subject: Re: Fw: Timor
To: joao.graca@netcabo.pt

Caro João Graça:
Pelo que posso ler, nem sequer terá sido da responsabilidade do tal Jorge Vitorino a divulgação indevida de material que era originariamente meu. Não sei por quantas mãos isto já passou... o que me entristece um pouco, por um lado, mas me dá também alguma satisfação íntima, por outro: há um reconhecimento implícito de que a foto saíu bem, é bonita, capta algum do encanto que experimentámos em Timor... ou algo do género. Por mim, pode deixar ficar a foto no seu site, se acha que o enriquece ou embeleza um bocadinho.
A propósito: só depois de lhe enviar o mail é que li o texto \"ir ou não ir\". Eu não diria tudo o que lá diz, ou como lá diz, tenho algumas diferenças de percepção daquela realidade. Mas são sobretudo diferenças de pequenas nuances, de intensidade. O texto está óptimo, com muita informação relevante e humor q.b. Parabéns.
Rui Ramos



[190]
From: joao.graca@netcabo.pt
To:
Subject: Fw: Timor
Date: Wed, 9 Jan 2002 20:12:55 -0000

Ok. Já vi a foto no seu site. Vou retirá-la de ambos os álbuns.


From:
To:
References: <200201091736.RAA21200@serv-b1.ccom.uminho.pt>
Subject: Re: Timor
Date: Wed, 9 Jan 2002 19:22:14 -0000

Caro Rui Ramos,
Segue transcrição do e-mail recebido de Jorge Vitorino - ver ficheiro de correspondência 08.01 -, com fotos anexas, entre as quais aquela a que se refere:

"[54]
Data Sun, 12 Aug 2001 15:24:53 +0100
De "JORGE MANUEL CAIOLA VITORINO."
Para proftimor@sapo.pt
Assunto Fotos Timor
2 DILIMERCADO1.bmp image/bmp 726.71 KB
3 Mercado.bmp image/bmp 621.63 KB
4 POVO7.bmp image/bmp 726.71 KB
5 POVO11.bmp image/bmp 1231.65 KB

Olá sou um Militar que brevemente vai para Timor. Devo dizer que o vosso site me tem ajudado a conhecer melhor o local onde irei passar os próximos 9 meses. Como tenho companheiros de serviço que já lá estão e me tem enviado algumas fotografias aqui vão algumas para o vosso álbum."

No álbum alojado em Bravenet, esta foto está identificada com "foto ENVIADA por Jorge Vitorino (militar)"; no ficheiro restrito, o "label", de facto, não refere "foto enviada". Se faz questão disso, posso apagar essa foto; no entanto, a correspondência integralmente publicada e o próprio carácter do site parecem-me suficientes para se não levantarem questões destas. Como diz, por causa disto "não morre ninguém". E, se ler o mail do seu amigo (?), concluirá, como eu, que a intenção dele não foi má, e, provavelmente, não lhe terá a ele (nem a mim) passado pela cabeça alguma espécie de objecção posterior. Seja como for, isso é um assunto entre vocês os dois.
Cumprimentos.


----- Original Message -----
From: rlramos@iec.uminho.pt
To:
Sent: Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2002 17:36
Subject: Timor

Caro João Graça
Fiz nova visita ao seu site sobre Timor, que continua óptimo. Há muito que por lá não passava...
Mas confesso que fiquei muito surpreendido quando me deparei com uma foto minha (i. e., de minha autoria) no > seu album. E é o tipo de fotografia que não permite enganos: é uma onde umas crianças jogam à bola na lama.
Depois reparei que a responsabilidade não deve ser sua: ela terá sido enviada por um Jorge Vitorino (militar) que eu desconheço em absoluto. Provavelmente, algum dos meus colegas (a quem eu cedi algumas fotos) tê-la-á dado. Enfim, não morre ninguém, mas não posso deixar de manifestar a minha surpresa. E a crítica ao tal militar que usou material que não lhe pertencia.
Cumprimentos,
Rui Ramos
*******************************************************
> Rui Ramos
> Assistente
> rlramos@iec.uminho.pt
> http://rui-ramos.web.pt
> Instituto de Estudos da Criança - Universidade do Minho
> *******************************************************



[189]
From:
To: "pedro sousa"
References:
Subject: Re: SOBRE TIMOR
Date: Wed, 9 Jan 2002 19:44:10 -0000

Caro Pedro Sousa,
Já vi e li a sua documentação no local indicado, e dou-lhe os meus parabéns.
A publicação do seu e-mail na página de correspondência será equivalente a um "link" ao trabalho, para todos os visitantes de timor.no.sapo.pt.
Devo recomendar, por conseguinte, uma visita a http://www.revista-artilharia.pt/NAnterior/908-910/Revista/artigo-03.htm. Cumprimentos, e obrigado.


----- Original Message -----
From: "pedro sousa"
To:
Sent: Terça-feira, 8 de Janeiro de 2002 17:57
Subject: SOBRE TIMOR

Caro Graça, agradeço a sua disponibilidade, deixo-lhe tb o meu tlm *********, quando for possivel dar-me umas pistas... sobre edições de música TIMORENSE que estejam à venda ( já procurei algumas vezes e não encontrei...)
Já agora deixe-me sugerir-lhe que visite o site da Revista militar da Artilharia Portuguesa, para ler um artigo sobre a minha experiência em Timor: ( ver o numero anterior: nº 908 a 910 Abril a Junho de 2001) www.revista-artilharia.pt
titulo: "Uma Experiência em Timor Leste" onde escrevo um pouco sobre as Operações militares que tivemos que fazer em Setembro de 2000, para "acalmar" os simpáticos MILICIAS.
Obrigado e cumprimentos
Pedro Sousa



[188]
From: JP
To: "Cristina Moreira Garcia"
Subject: Re:_Correspondência_escolar
Date: Sat, 5 Jan 2002 22:20:05 -0000

Embora não tenha sido autorizado a tal, indico-lhe seguidamente dois contactos diferentes para o efeito que pretende:

- F**** A****, e-mail ****@hotmail.com; telef. (nº publicado no site da APLS) *********
- I***** S*******, Professora na E.B. Caxias, coordenadora do Clube Terra Colorida (alunos timorenses), telef. *********
Em qualquer dos casos, talvez fosse bom referir quem lhe forneceu o contacto.
Cumprimentos.


----- Original Message -----
From: "Cristina Moreira Garcia"
To: JPjoao.graca@netcabo.pt>
Sent: Sábado, 5 de Janeiro de 2002 20:05
Subject: RE: Correspondência escolar

Caro colega:
Muito obrigado pela sua pronta e amável ajuda.
Vou tentar os contactos que sugeriu e aguardar que alguém responda.
Gostaria realmente de concretizar esta ideia de corespondência escolar com alunos timorenses. No entanto, devido às dificuldades existentes, estou a pensar contactar também a comunidade timorense em Portugal, pois um dos objectivos desta correspondência é conhecer melhor este povo e a sua cultura, nos seus diferentes aspectos. Para esse efeito, se me pudesse indicar algum contacto com a comunidade timorense em Portugal, ficaria uma vez mais muito grata.
Cumprimentos,
Cristina Moreira Garcia



[187]
Sent: Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2002 19:09
Subject: material sobre Timor

Sr. Capitão,
 
Acabei de receber muito material áudio, vídeo e scripto, exclusivamente sobre Timor. Como não disponho de grandes equipamentos ou meios, e caso lhe interesse copiar alguns dos materiais, o que lhe sugeria era que se deslocasse ao meu escritório. Para isso, deverá contactar-me através do número de telemóvel que lhe indiquei na mensagem anterior, ou pelo fixo *********.
 
Cumprimentos.
 
timor.no.sapo.pt
João Pedro Graça



[186]
Exma. Senhora,
Muito obrigado pela visita e pelos parabéns que teve a amabilidade de me endereçar.
O que me pede não é fácil, pelas razões já largamente explicadas em trocas de correspondência anteriores, com outros visitantes. Timor é longe, o acesso à Internet ou outros meios de comunicação é difícil e caro, e existem diversos outros factores de dificuldade.
Inicialmente, este site era dedicado em exclusivo aos Professores destacados em Timor-Leste. Com o tempo, e até porque também lá estive, sendo raríssimos os contactos ou mesmo as visitas desses mesmos Professores, o âmbito da página foi abrangendo cada vez mais tanto as comunidades portuguesa em Timor como a timorense em Portugal, sem qualquer restrição, profissional ou outra.
Apesar de todas as insistências, via e-mail, por telefone, por carta, e mesmo através de contactos pessoais, os Professores portugueses em Timor não demonstram qualquer interesse por este site (e depreendo que por qualquer outro).
Lamento, mas o máximo que posso fazer é publicar, como sempre, esta nossa troca de correspondência, na página de "Correio/feedback", na esperança de que alguém responda. Através da nossa página de "contactos", pode ser que alguma entidade a possa ajudar, nomeadamente se contactar os sites do Governo timorense ou de Xanana Gusmão. O CATT não tem site, e já deve conhecer as dificuldades de contacto por telefone com o ME...
Felicitações pela iniciativa dos seus alunos, desejando a todos os maiores sucessos.


----- Original Message -----
From: "Cristina Moreira Garcia"
To:
Sent: Sexta-feira, 4 de Janeiro de 2002 16:44
Subject: Correspondência escolar

Ex.mo Sr.
Antes de mais, gostaria de lhe dar os meus sinceros parabéns pelo excelente site que encontrei, quando andava a tentar descobrir mais informações sobre Timor.
Sou professora de Português numa escola de Gaia e desejaria estabelecer correspondência escolar com alunos de uma escola de Timor. Esta ideia surgiu a propósito do projecto de área-escola escolhido por uma turma de 7º ano. Gostaria de saber se me poderia indicar o contacto de algum professor que lá se encontre ou alguma outra forma de concretizar esta ideia.
Agradeço desde já toda a ajuda que me possa prestar.
Cumprimentos,
Cristina Moreira Garcia



[185]
Sent: Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2002 18:42
Subject: endereço

Exmos. Senhores,
 
Dado o interesse manifestado por alguns visitantes, e no intuito de testar o funcionamento deste endereço de e-mail, queiram V.Exªs acusar a recepção da presente mensagem.
Cumprimentos.
 
JP Graça
timor.no.sapo.pt
João Pedro Graça



[184]
Esta mensagem não trazia nenhum "attachement"! Será engano?
Cumprimentos.
(esta mensagem veio devolvida)

----- Original Message -----
From: "Carlos Sá"
To: proftimor@sapo.pt
Sent: Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2002 15:21
Subject: envio de material

Resent-Date: Wed, 02 Jan 2002 18:00:43 +0000 (WET)
Resent-From: proftimor@sapo.pt
Resent-To: joao.graca@netcabo.pt
Resent-Message-ID: <1009994443.3c334acc02132@webmail.sapo.pt>
X-Originating-IP: 213.22.76.134




[183]
To: v r
Sent: Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2002 18:12
Subject: Re: e-mail

Obrigado!
 
E bom ano novo também para si.
 
JP Graça
----- Original Message -----
From: v r
Sent: Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2002 17:00
Subject: e-mail

Bom ano
Afinal o e-mail correcto para o secretariado é o seguinte :
Comissario.timor@telepac.pt o erro estava na primeira parte do endereço,comissariado em vez de comissario.
Cumprimentos
Francisco Rocha




[182]
Sr. Capitão,
Por coincidência, amanhã terei a visita de uma pessoa timorense que trará material áudio (e vídeo) sobre Timor. Mais tarde entrarei em contacto para lhe dar conta daquilo que possa ter interesse para o seu trabalho.
Entretanto, disponho de um CD do Instituto Camões com música de Timor.
Talvez seja mais prático se me indicar número de telefone. O meu é *********.
Cumprimentos.


----- Original Message -----
From: "Pedro Sousa"
To: "JP"
Sent: Terça-feira, 1 de Janeiro de 2002 21:33
Subject: When you were offline...(via HumanClick)

Parabéns pelo Bonito trabalho que têm na net sobre Timor.
Eu sou Oficial do Exército, estive em serviço em Timor de Agosto 2000 a Fevereiro de 2001.
Quero pedir que me indiquem, referências musicais ( edições em CD ou casssete )de musica tradicional de Timor. Estou a compilar umas imagens em VHS que recolhi em Timor e gostava de introduzir musica.
Obrigado



[181]
Sr. Capitão,
Muito obrigado pela visita ao site, pelas simpáticas palavras, e pela foto que enviou. Esta será publicada no álbum do site.
Bom ano novo.

----- Original Message -----
From: "Pedro Sousa"
To:
Sent: Terça-feira, 1 de Janeiro de 2002 21:45
Subject: Parabéns pelo Trabalho e um pedido

Caro João Graça, com os votos de um Bom ano 2002, os meus parabéns pelo trabalho sobre Timor.
Eu sou Oficial do Exército, e estive em serviço em Timor de Agosto de 2000 a Fevereiro de 2001 onde trabalhei na área das Operações no Comando do Sector Central.
Queria que me indicasse umas referências (edições em CD ou cassete) de musica tradicional Timorense, para que eu possa procurar e adquirir no mercado.
Estou a compilar umas imagens em VHS que recolhi em Timor e gostaria de introduzir musica de Timor.
Com os melhores cumprimentos, envio-lhe uma imagem que foi fotografada numa aldeia entre ZUMALAI e BOBONARO com um simpático timorense.
Obrigado
Cap Pedro Marquês de Sousa



[180]
Caro J. A. Cabrita,
Em primeiro lugar, muito obrigado pelas suas palavras de incentivo. Como já deverá ter reparado, é exclusivamente disso - o apoio de alguns visitantes - que este site se mantém.
Respondendo às suas questões:
1. "porque será que este "seu" sítio não é mais utilizado (...)?"
Macacos me mordam se compreendo. Mesmo dando de barato o desinteresse generalizado sobre a questão timorense, agora que deixou de ter enfoque e projecção mediática, parece-me um bocado forçada esta "ignoração" das entidades oficiais e dos "mass media" sobre a página. O que remete para a sua segunda questão...
2. "Como seria possível ultrapassar algum ressentimento que parece ser possível descobrir em alguns dos textos?"
Se, porventura, notou algum ressentimento, devo esclarecer que:
a) Existe esse ressentimento, de facto, exclusivamente meu, e por razões óbvias: depois de tanta "treta" a respeito de Timor e de "solidariedade", ter sido chutado de volta para Portugal sem uma palavra, depois de todo o trabalho que tentei desenvolver - o melhor que pude e soube - em Timor, é no mínimo, uma coisa que pede "troco". As coisas que talvez terá achado politicamente incorrectas, esparramadas aqui e ali no imenso manancial de informação deste site, têm uma explicação evidente: tratar um ser-humano como se ele não existisse, para além do seu papel insignificante na grande máquina promocional de meia dúzia de notáveis bem-pensantes, enfim, merece alguma espécie de "fighting back", de resposta, de denúncia.
b) Sempre tentei não deixar transparecer esse "ressentimento". O qual, obviamente, não tem nada a ver com a questão timorense, com os timorenses, ou com Timor, tout-court. Este site é mantido, a expensas exclusivamente minhas, tendo uma finalidade de serviço público. Muitas coisas poderão ter várias leituras e não faço qualquer espécie de censura, mental, política, religiosa ou seja de que forma for. Compreendo que algumas pessoas achem algumas "opiniões" (algumas de minha autoria, mas, a maioria, alheias) demasiado... opiniosas. Pois bem: o que, espero bem, distingue timor.no.sapo.pt de outros sites sobre Timor é, precisamente, que: 1º, este existe, mantém-se, permanece; 2º, aqui não existe apenas uma "linha" de pensamento, uma opinião, uma verdade, mas, respectivamente, muitas, muitas, e muitas.
c) De qualquer modo, foi muito útil a sua observação; efectivamente, se alguma coisa de pessoal transparece neste site, devo reconhecer que isso é um erro meu, o que tentarei continuar a corrigir. Censura, aqui, a única, é de mim em relação a mim próprio. Nem imagina quantas vezes já utilizei o "lápis azul", sobre textos meus; tentarei ser ainda mais rigoroso na exclusão da minha pessoa e dos meus assuntos particulares dos conteúdos deste site. Por isso, agradeço a sua observação.
3. "(...) muito gostava que este "sítio" fosse um lugar de debate crítico dos nossos fazeres e dos nossos pensares sobre Timor Loro Sa'e".
Ora, exactamente! Era suposto isto ser um espaço de diálogo! Sem insultos pessoais, e sem descambar para o chinelo e a grosseria. Sendo que, aquele e esta, se podem traduzir em coisas sub-reptícias, como piratear material, obliterando a fonte, ou, mais prosaicamente, estabelecer linhas-mestras de pensamento e opinião. Timor não é, julgo, o Santo Graal; os timorenses não são vacas sagradas. Tampouco o são os portugueses, os dedicados e os não dedicados à "causa".
Talvez o ajude, na compreensão do fenómeno mediático das "boas causas" (aquilo que "está a dar"), e para que adquira termos de comparação com Timor, o seguinte: veja quantos sites, ou newsgroups, dos milhares que existiam sobre Timor, estão hoje activos; depois disto, veja quantos existem sobre a mui interessante questão Talibã. Entendidos?
Bom ano para si também, um grande abraço e, mais uma vez, muito obrigado pela sua mensagem.


----- Original Message -----
From: "José António Cabrita"
To: "JP"
Sent: Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2002 14:22
Subject: When you were offline...(via HumanClick)

Caro jgraça,
porque será que este "seu" sítio não é mais utilizado para dar conta de como vai decorrendo a (re)contrução de Timor Loro Sa'e, pelo menos no que concerne às questões da educação? Como seria possível ultrapassar algum ressentimento que parece ser possível descobrir em alguns dos textos?
Por mim, que fui o primeiro professor português a cumprir (desci, do Jarvis Bay, em Dili, em 24Jan2000)essa magnifíca missão que, muitos de nós, continuam a cumprir, por mim, muito gostava que este "sítio" fosse um lugar de debate crítico dos nossos fazeres e dos nossos pensares sobre Timor Loro Sa'e.
Ainda assim, e porque é muito justo,deixe-me endereçar-lhe o meu reconhecimento pelo seu empenho em ter de pé esta página timor.
Um abraço e ao dispôr,
José António Cabrita




A REDACÇÃO DAS MENSAGENS É DA EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DOS REMETENTES.


CORRESPONDÊNCIA DE MESES ANTERIORES
|04.01 |05.01 |06.01 |07.01 |08.01 |09.01 |10.01 |11.01 |12.01



Escreva-nos.
click  no pombo-correio para enviar e-mail


Copyright © 2001
João Pedro Graça
novidades
|Mapa do site|
auto-translate this pageauto-translate this page
automatic translation

home